Italia – culinária!

Que tal fazer uma pausa para o almoço? Ou quem sabe jantar? Estou aqui me segurando para não dizer que o post de hoje é de dar água na boca, mas fazer o que né? (Quem sabe vai até inspirar aqueles mais chegados em fazer experiencias na cozinha…) Fato é que Itália sempre lembra culinária e comidas deliciosas – disso ninguém tem duvida -, mas você realmente conhece toda a variedade de pratos diferentes que a Itália tem pra conhecer?

Basilico, pasta e pomodori!

Vamos começar pelo óbvio: sim, nós comemos muita pasta, mas não é a única coisa que você vai encontrar por aqui. Alias, qual a diferença entre macarrão e pasta? Pasta aqui é o sinônimo de “massa”, mas num sentido bem, bem generalizado: toda massa feita de farinha, seja para salgados ou doces, é pasta. Pasta é a base do macarrão, lasagna, calzoni, pizza, tortas, tortinhas, docinhos, crepes (panquecas), etc… E num sentido mais especifico pasta é o sinônimo do macarrão normal, aquele considerado o mais básico da culinária italiana. Outros clássicos italianos sem duvida são: os queijos, os salames, os presuntos, os pães, a mozzarela (e a sua companheira mozzarela de buffala), os temperos, o sorvete, as azeitonas, os cafés e os vinhos, o molho de tomate, o oleo de oliva,  entre outros.

Salsa di pomodori, olio d’oliva.

Produtos tipicos.

Caprese – tambem pode vir em espetinhos.

Um jeito pratico de entender a cozinha daqui é saber que uma refeição italiana tradicional é um pouco diferente do que estamos acostumados no Brasil, e é dividida em etapas e pratos diferentes. Tudo começa com os “antipasti” (aperitivos), que podem ser: uma tabua de queijos e outros frios, azeitonas, tortinhas salgadas, pão italiano com azeite de oliva, uma “bagna caoda” (prato tipico piemontes, um caldo de azeite, muito alho e anchovas para ser colocado em cima de verduras variadas; é feito no inverno), piadinas, foccacias, ou um espetinho “caprese” (mozzarela, manjericão e tomate). Sempre em pequenas quantidades porque é somente o começo da historia.

Farinata e Focaccia.

Queijos e frios.

Risotto com Funghi Porcini.

Depois vem o “primo-piato” (primeiro prato) que sempre vai ser um tipo de massa: macarrão em todas as suas variantes, lasagna, cannelloni, gnochi, vários tipos de risotto e as vezes sopas – em todos os casos com algum tipo de molho ou recheio, dependendo da pasta.

Pasta al Pesto – molho de manjericao.

Depois da pasta é a hora do “secondo-piato”, que é sempre algum tipo de carne ou proteína: gado, suíno, frango, peixes, frutos do mar, carneiro/ovelha, coelho, cervo, javali – as carnes são de todos os tipos e o preparo e as receitas também; normalmente as carnes são feitas em pratos elaborados onde não pode faltar o “contorno” (ou seja, os acompanhamentos, geralmente legumes) e é difícil encontrar um prato que tenha somente ou seja principalmente carne pura.

Assado de Vitelo e batatas.

Coelho ao azeite de oliva.

O final é o momento para o “dessert” (sobremesa) e o café, que nunca pode faltar. As sobremesas italianas talvez sejam menos conhecidas no Brasil: zabaione, strudel (perto da fronteira com Suíça ou Áustria), torrone, o famoso tiramisù, sorbetto (um sorvete mais leve), gelato (o sorvete italiano), alem de mousses e pudins. E então a refeição esta completa.

Tiramisù.

Caffè.

Cada prato e cada etapa terão um vinho diferente para combinar, de acordo com as características do prato e do vinho. À mesa você sempre irá encontrar vinho e água durante as refeiçoes, outras bebidas são bem mais raras: em restaurantes você pode pedir refrigerantes, sucos ou cerveja, mas um italiano tipico não esta acostumado à essas coisas e vai ficar com o vinho ou simplesmente água. Essa coisa de ter refrigerante e suco para beber durante o almoço é certamente coisa de brasileiro… Nem todos fazem refeiçoes completas assim todos os dias de almoço e jantar mas é muito comum (não é à toa que as mammas italianas estão sempre na cozinha…). Em restaurantes, os italianos estão acostumados a pedir o completo, mas você geralmente tem a liberdade de escolher quantos e quais pratos vai querer – até porque não é todo mundo que consegue comer neste ritmo.

Outro fato que não se tem duvidas é que os italianos valorizam muito a sua culinária. Não só como patrimônio nacional, cultura ou tradição, mas realmente como um estilo de vida. Eles gostam e são cuidadosos com todas as etapas relativas ao “comer”: a agricultura, o comércio, a aquisição, a preparação da refeição e o momento de comer. O italiano tipico gosta de alimentos bem escolhidos e com origem protegida ou controlada. O queijo parmeggiano (parmesão)? Tem que ter sido feito com a receita registrada, com o leite certo, do tipo de vaca certo, passou pelo processo de maturação ideal e foi mantido no clima perfeito – nenhum detalhe pode ser relevado, se não aquele queijo não sera o “verdadeiro” queijo parmeggiano. E assim funciona com praticamente tudo o que você possa imaginar. As verduras valorizadas são aquelas frescas e colhidas o mais perto de casa possível e se dá preferencia para as frutas e verduras colhidas na estação; o vinho combina perfeitamente com o prato; o doce foi feito com os ingredientes ideais e nada de substituições baratas! Até mesmo para as carnes de gado eles valorizam mais aquelas de origem italiana às estrangeiras. O que acrescentar? Eles não tem medo nem modéstia de dizer que consideram a culinária italiana a melhor do mundo e vão fazer tudo para manter o padrão e o status.

Eataly de Torino.

Essa característica de proteger e promover a culinária e cultura italianas é algo tao forte que muitas iniciativas existem dedicadas especialmente à isso. Uma das minhas favoritas é um supermercado/restaurante/empório de alimentos chamado Eataly! Carinhosamente apelidado de “templo da gastronomia”, é um mercado-restaurante que tem sede em Torino, New York e Osaka, no Japao (loja mais recente, foi inaugurada 25/10/2012) e se propõe a reunir tudo isso em um lugar só. La você encontra tudo – tudo relativo a cozinha e alimentos: todos os produtos que são colhidos e fabricados em território italiano você encontra la, separado por tipo e região; claro que não qualquer coisa, porque a proposta é trazer o que a Itália tem de melhor, representando cada região com os seus melhores produtos típicos, em todas as variações. Dentro da loja, você pode escolher coisas para comprar e levar para casa, como um supermercado normal; pode escolher ir simplesmente fazer uma refeição num dos tantos restaurantes internos, ou então pode também comprar os ingredientes frescos na hora, entregar para um dos chefs e esperar que sejam preparados na hora e na sua frente! È um lugar encantador e delicioso! Você encontra de tudo, desde pães e carnes, até vinhos e cervejas artesanais, e o melhor de tudo é que tem preços para todos os tipos de bolso! Até o turista mais econômico pode encontrar alguma coisa; fazer uma refeição num dos restaurantes do Eataly é uma experiencia que vale a pena para se ter uma ideia da vida italiana e se você não tiver muito tempo para fazer um tour gastronômico. (Nao dava para colocar todas as fotos que eu encontrei aqui, mas sugiro a voce de procurar “eataly” no Google Imagens, vale a pena).

O interior.

E ai, qual prato italiano é o seu favorito e qual prato diferente você gostaria de experimentar se tivesse a chance? Muitas opções, muitas ideias…

9 respostas em “Italia – culinária!

  1. Ultimamente minha paixão são os risotos e peixes. E sempre acompanhados de um bom vinho e finalizado com um café uma sobremesa. Mas olha, acho q se juntassem essa ordem e as porções francesas, seria perfeito, não achas?

    Assim daria para experimentar tudo e sair disso satisfeita, mas não cheia. hehehe

    Quanto ao lance de priorizar os legumes e frutas frescas da estação e próximo de casa é um dos conceitos mais sustentáveis. Tô com os italianos e não largo!

    Ótimo post. :)

    • Risotto e peixe o vinho pra acompanhar é branco seco ;D Eu tambem acho que as vezes eles exageram nas porçoes aqui… voce ta no meio do 2° e nao tem mais espaço pra sobremesa, tem que ver isso ai xD hahahha Brigada guria!

  2. Me identifiquei muito. A culinária é o que me aproxima das raízes italiana. Strudel, Risotos, massas.
    Mas na práticas, (dia a dia) as famílias fazem esses 4 “pratos”? ou só em ocasiões especiais?
    O Café passado da forma Italiana é o melhor. Embora o gosto de uma marca Italiana eu não sei dizer só a forma de passar que indico.
    Vou anotar as dicas. Tudo ótimo.

    • Como eu falei, a maioria das familias segue essa ordem sim, as vezes um pouco mais, um pouco menos; o mais comum é ter refeiçoes com ‘primo, secondo e salada’. Acho que sobre o café voce quer dizer as cafeteiras italianas de usar no fogo, certo? Essas sao as famosas =)

  3. O cafè italiano, além do seu perfume inebriante e irresistivel, é realmente saborosissimo!!!!!
    Sem falar nas suas mais variadas formas: Corto ou Lungo, Macchiatto, caffè latte, marrocchino,cappuccino, ristretto, etc…sao tantas opçoes!!!

  4. EATaly! o nome é muito bom! hehehehehehe
    eu AMO massa!!! o pessoal aí não é gordinho? hehehehe ou tem alta taxa de triglicerídeos?

    se deixar eu como macarrão todo dia, mas o médico me deu um puxão de orelha e eu tive que diminuir as massas da minha dieta… =(

    a foto do macarrão ao pesto tá tão bonita!! só não me deu mais vontade de comer agora porque acabei de comer pão de queijo com pesto! XD

    comer é muito bom, né?! ;D

    beeeeijos!

    • AH! eu não sou muito fã de café, prefiro chá, mas café feito nessa cafeteira italiana é uma delícia, né?! pena que a borracha da minha rasgou; preciso comprar uma nova.

    • Nao sei se a quantidade de gordinhos é maior aqui que no Brasil, mas o que eu noto bastante é que principalmente o pessoal com menos de 20 anos (e até mesmo as crianças) estao bem gordinhas, até obesas =X Aqui dizem que o problema nao é comer massa, mas sim o pao!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s