Oxford: Viagem para a Inglaterra parte #5.

E finalmente chegamos à ultima parte dessa viagem para a Inglaterra. Depois de uma semana entre as cidades de Cambridge e Londres, eu fui passar o ultimo dia disponível em uma cidadezinha à oeste da capital, conhecida pela sua universidade e figuras ilustres: Oxford!

62-IMG_1110

Quinta-feira cedo pela manha fui em direção à estação de trem Paddington de Londres, que fica junto à estação de metro de mesmo nome. Com um bilhete de até 15£ (dependendo do horário de partida) e aproximadamente 1 hora de viagem de trem, eu estava chegando em Oxford, Oxfordshire. É uma cidade bem pequena e essencialmente universitária, mas se você é fã de alguma das figuras da literatura e historia inglesas (Quem seriam? John Locke, Adam Smith, Oscar Wilde, Tolkien, T. S. Eliot, Indira Gandhi, Margaret Thatcher, Stephen Hawking e C. S. Lewis são somente alguns exemplos de gente que passou por lá) pode ser um passeio muito interessante. Eu sabia que não teria muito tempo de aproveitar tudo, então me foquei no que sempre me fez querer conhecer a cidade: a vida dos autores J. R. R. Tolkien e C. S. Lewis.

Mais casinhas charmosas.

Mais casinhas charmosas.

Cheguei na cidade perto das 10:30h da manha e o primeiro passo era encontrar o hostel. Já havia escolhido um albergue bem perto da estação de trem para não ter muitos problemas de distancia e tempo e a escolha da vez foi o Oxford Backpackers Hostel, localizado na 9A Hythe Bridge Street, que fica a menos de 5 minutos à pé da estação e parecia uma boa escolha em termos de custo/beneficio. (Falarei mais sobre o hostel no futuro post a respeito de recomendações de hotéis e albergues, ok?).

Depois de deixar malas e me acomodar no quarto, fui em direção ao centro da cidade para encontrar um ponto de informação turística. Encontrei o “Oxford Visitor Information Center” na 15 Broad Street e fiquei muito satisfeita. Além de mapas (gratuitos e pagos) e souvenires, eles oferecem um pouco de tudo que possa ajudar o turista: informação a respeito dos museus e passeios, City Sightseeing, funcionamento do transporte publico de Oxford, tours pela cidade com guia turístico e o que eu achei super bacana, vários panfletos com propostas de tours pela cidade que são temáticos e podem ser feitos autonomamente pelo viajante! Por 50p. (0,50 ‘centavos’ de libra) comprei um mapa da cidade muito completo e por 3£ comprei um panfleto de “visita guiada temática” de 34 paginas, com mapa, explicações, fotografias e indicações de endereço com a temática “Tolkien & Lewis” – mas é claro que existiam diversas temáticas diferentes e para todos os gostos. O panfleto trazia uma lista de 25 lugares através da cidade que de algum modo ou outro foram importantes na vida dos dois autores durante a época que eles viveram e lecionaram em Oxford. Além disso, existe uma proposta da ordem em que você pode fazer o percurso (à pé), com a indicação no mapa do lugar e um pouco da historia.

Wolvercote cemetery.

Wolvercote cemetery.

O meu passeio começou de forma meio inusitada: peguei o ônibus numero 2 (ou 2A, 2B) na Magdalen St direção Kidlington – você pode comprar o bilhete para o ônibus diretamente com o motorista antes de partir, com 4,50£ você escolhe aquele ‘diário’ e pode usar o ônibus quantas vezes quiser durante 24h – e parti em direção ao Cemitério de Wolvercote, na Banbury Road; cheguei em menos de 15 minutos e o motorista foi muito gentil em me ajudar a encontrar (não tenha medo de pedir informações!). Lá eu fiz o que muitos fãs de Tolkien já fizeram uma vez na vida e visitei o tumulo do Professor e da sua esposa Edith; se você estiver interessado em fazer o mesmo é muito fácil de encontrar; logo depois de entrar no cemitério existem muitas indicações da localização. Foi muito interessante descobrir que muitas pessoas deixam presentes no tumulo: flores, livros do autor, rascunhos de livros próprios, cartões, velas e todo tipo de lembrança. Admiro muito o autor, a sua obra e o seu trabalho como filólogo e linguista, então para mim foi bastante emocionante e não me arrependi da escolha inusitada. Um ônibus de volta e 15 minutos depois já estava novamente no centro de Oxford.

Descobri uma livraria fantástica chamada “Waterstone Booksellers” e me arrependi de não ter mais espaço disponível na mala, porque a loja é enorme, cheia de livros a preços de cair o queixo! (Exemplo? Era possível comprar três livros a 5£, entre clássicos e novos lançamentos!). Se você puder, não deixe de aproveitar a oportunidade. A loja que eu visitei foi aquela da Broad Street. O próximo passo era encontrar um lugar para almoçar, e isso também não seria difícil; la você encontra tudo, de Mc Donald’s, Burguer King, a Pret a Manger, Costa Cafè, pubs locais, pizzarias, comida chinesa, etc.

O ponto negativo da viagem até Oxford foi o clima. Todo sol e céu azul tinham ficado em Londres e la na ultima cidade o que me recebeu foi um céu nublado, chuva e muito vento! Isso atrapalhou um pouco na hora de aproveitar as paisagens e o passeio por locais abertos, assim como tirar fotos o tempo todo (o vento era de congelar tudo que ficasse exposto!) e por isso não tenho tantos registros. Mas eu continuei o meu tour temático e fiz um ‘giro’ por toda a parte central da cidade (onde ficam a maioria dos prédios históricos importantes) da 13h até as 18h, a pé e com calma.

Christ Church.

Christ Church.

Entre as coisas que merecem ser citadas tem a famosa Christ Church (na St Aldate’s Street), que foi cenário importante nos filmes da série Harry Potter (não entrei porque o ingresso era um roubo, justamente pela fama do filme) e é um complexo de College, Catedral, galerias e outras estruturas. Passei pela frente de praticamente todos os Colleges importantes de Oxford e alguns deles até mesmo entrei e dei uma espiada; um deles foi o Magdalen College que possui uma belíssima estrutura interna de salas, salões, uma capela pequena e charmosa e muitos parques e jardins ao redor – neste college Lewis lecionava, nestes parques ele e Tolkien caminhavam juntos e conversavam e nesta capela Lewis ia depois da sua conversão ao cristianismo e também nos “novos” prédios que abrigam os quartos dos alunos e professores, os Inklings se encontravam todas as quintas-feiras para conversar sobre literatura e passar o tempo. O College se encontra no final da High Street.

Vista do Magdalen College a partir do Addison's walk.

Vista do Magdalen College a partir do Addison’s walk.

Vitrais da capela.

Vitrais da capela.

Outra descoberta interessante foi a The University St Mary the Virgin Church, uma igreja pequena e modesta – com belos vitrais coloridos – que oferece uma visita à parte externa da sua cúpula (depois, claro, de subir várias e varias escadas) por 3£ e de onde você pode aproveitar uma vista de 360° da cidade. O vento estava imperdoável la em cima, mas valeu muito a pena. A igreja se encontra na High Street.

Vista do alto da Igreja.

Vista do alto da Igreja.

Na cupula da Igreja.

Na cupula da Igreja.

Vista do alto da Igreja.

Vista do alto da Igreja.

O amplo espaço para se caminhar ao redor da cupula.

O amplo espaço para se caminhar ao redor da cupula.

Ao terminar o passeio pela parte antiga da cidade, dei uma olhada nas lojas de artigos e lembrancinhas para ver o que eu poderia trazer; escolhi alguns cartões-postais, lápis temáticos da cidade e uma camiseta divertida da linha de artigos da marca “University of Oxford” – Keep calm and study.

71-IMG_1140

O ultimo lugar que eu queria visitar era a escolha perfeita para fechar o dia de visitas e aproveitar para jantar. Fui até a 49 Saint Giles Street e parei no pub The Eagle and The Child, ultimo ponto da visita temática “Lewis & Tolkien”. Este era o pub onde o grupo de amigos Inklings se encontrava uma vez por semana para jantar, beber cerveja e discutir seus interesses literários. Muitos dizem que foi deste bar que muitas ideias para O Senhor dos Anéis e As Cronicas de Narnia surgiram. Hoje em dia o pub é todo decorado em homenagem aos autores e outras figuras que passaram por ali, com muitos quadros, fotografias e homenagens. Eu pedi um hambúrguer da casa, um ‘pint’ de cerveja inglesa (infelizmente não gelada) e um delicioso brownie quente com sorvete gelado de sobremesa. Era o melhor jeito de me despedir da cidade e da Inglaterra.

A parte do pub onde se encontravam os Inklings.

A parte do pub onde se encontravam os Inklings.

74-IMG_1145

Viu, eu estava la! :)

Viu, eu estava la! :)

Hmmmmmm!

Hmmmmmm!

No dia seguinte peguei o trem na estação direto para Londres e de la outro trem até o Aeroporto de London-Stansted, onde tudo tinha começado. Com certeza voltei para casa sabendo que um dia terei que visitar o país novamente. Os posts dedicados à viagem para a Inglaterra terminam aqui, e como sempre, se vocês tiverem qualquer duvida, pergunta ou sugestão, sintam-se à vontade para usar o espaço dos comentários, vou adorar acrescentar algo que possa ter esquecido! :)

6 respostas em “Oxford: Viagem para a Inglaterra parte #5.

  1. Oi Clarissa, tudo bom?
    Olha, gostaria da sua ajuda! rsrsrs
    Estou decidindo onde fazer um intercambio, Orford ou Irlanda!!! Euro ou Libra esterlina!!! rsrsrs
    Gostaria muito de conhecer paises europeus durante as quatro semanas do intercambio. Acho que o estando em Oxford será mais fácil esse acesso!! O que me diz??
    Quero muito ir a Italia, muito mesmo!! rsrsrs
    Acho meu próximo intercambio será na Itália!!
    Vi seu post sobre Orford e gostei muito!!
    Você conhece a Irlanda?
    Na Irlanda a escola e a ATLAS e em Oxford é a Embassy.
    Sou marinheiro de 1ª viajem e tenho buscado informações em blogs e videos!!
    Agradeço muito sua ajuda!
    Abraço!

    • Ola! Tudo certo sim!
      Eu posso dizer que Oxford é uma otima cidade sim! (Apesar de que pessoalmente eu gostei ainda mais de Cambridge). Irlanda eu ainda nao conheço entao nao posso opinar… Mas em que cidade voce esta pensando em ficar? Oxford é uma cidade universitaria e nao muito grande; voce chega com trens mas para viajar para a europa voce vai precisar de aeroportos =)
      Que tipo de ajuda voce precisaria?
      Abraços!

      • Clarissa, mudança de planos, rsrsrs, to indo para Londres!!!
        Acho que dia 02 de novembro até 29 e talvez, fique 01 semana (01 a 07 de dez) na Itália!!
        Vc sabe dizer o preço de passagens londres-itália aéreo?
        Parabéns pelo blog!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s